"Beleza, cultura, esporte, lazer, moda, negócios, e muito mais..."
Revista Destaque News
Instagram da Revista Destaque

Ministério da Saúde autoriza mais 10 leitos de UTI no HR em Prudente
Leitos serão exclusivos para tratamento da Covid-19 e o valor do custeio mensal será de R$ 480 mil.

Publicado em 30/03/2021
compartilhe esta notícia:

Ministério

 A Prefeitura recebeu a informação que teve início o funcionamento de mais dez leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) exclusivos para o tratamento de pacientes em estado grave de coronavírus, a Covid-19, no Hospital Regional ‘Doutor Domingos Leonardo Cerávolo’, o HR. Além de Presidente Prudente, os leitos são destinados também para moradores de toda região.

 

Segundo o HR, a ampliação de leitos ocorreu após reforma em um dos corredores de enfermaria. Durante a pandemia, a nova UTI funcionará como unidade de campanha. Além disso, o hospital informa que a implantação foi possibilitada por meio recebimento de dez monitores multiparâmetros pela Secretaria do Estado da Saúde.

 

Agora, Prudente já conta com 57 leitos de UTI exclusivos para Covid-19. Cabe lembrar que nos próximos dias a Santa Casa de Misericórdia deverá conseguir a habilitação, junto ao Ministério da Saúde, para funcionamento de outros dez leitos SUS (Sistema Único de Saúde) também de terapia intensiva para tratamento da doença. Assim, a cidade terá 67.

 

Para um possível avanço de fase no Plano São Paulo e consequente retomada das atividades econômicas, são levados em consideração índices como taxa de ocupação de leitos exclusivos para tratamento de casos suspeitos e/ou confirmados, além de aumento no número de confirmações, óbitos e internações.

 

De acordo com o prefeito Nelson Bugalho, a ampliação de leitos dá esperança para que as cidades que integram o DRS-XI (Departamento Regional de Saúde) possam avançar, ao menos, para fase laranja, que permite, de forma tímida, a retomada das atividades econômicas.

 

Além disso, o chefe do Executivo orienta que os munícipes de Prudente e região adotem as medidas de segurança contra a Covid-19 a fim de que os outros índices também sejam reduzidos e as cidades possam voltar a abrir o comércio.


Fonte: Secretaria de Comunicação de Presidente Prudente

<< voltar