"Beleza, cultura, esporte, lazer, moda, negócios, e muito mais..."
Revista Destaque News
Instagram da Revista Destaque

Governo de SP mantém região de Presidente Prudente na fase amarela
Medida não fecha setores e fortalece restrição a aglomerações; indicadores de saúde terão análises semanais

Publicado em 30/11/2020
compartilhe esta notícia:

Governo

 O Governador João Doria anunciou nesta segunda-feira (30) o reforço em ações de enfrentamento da pandemia em São Paulo. Para reduzir o contágio e evitar pressão sobre o sistema de saúde, todas as regiões do estado retornam à fase amarela do Plano São Paulo de controle sanitário e flexibilização econômica até o dia 4 de janeiro. Segundo o govero do Estado, as seis regiões paulistas que estavam na fase verde foram rebaixadas para a etapa amarela em razão dos aumentos de casos de Covid-19 e de internação de pacientes vítimas da doença. As cidades são: Baixada Santista, Campinas, Grande São Paulo, Piracicaba, Sorocaba e Taubaté. Os 56 municípios do Oeste Paulista estão divididos entre os departamentos regionais de Saúde (DRSs) de Marília e de Presidente Prudente.

O atendimento presencial em todos os setores fica restrito a dez horas diárias, sequenciais ou fracionadas, e 40% de capacidade. Os estabelecimentos terão que fechar o atendimento local até as 22h. Todos os eventos com público em pé estão proibidos na fase amarela.

Outra medida de prudência decidida pelo Estado é a redução do prazo de análise dos dados da pandemia e capacidade de atendimento hospitalar por região. A medição de médias móveis de casos, mortes e taxas de internação de pacientes com COVID-19 passa a ser considerada em intervalos de sete dias, e não mais a cada quatro semanas.

 

A decisão desta segunda não altera a programação de volta às aulas da Secretaria de Estado da Educação. Tampouco há previsão novo fechamento de escolas para aulas presenciais com limitação de alunos por turmas e turnos.

 

 


Fonte: Portal do Governo do Estado de São Paulo

<< voltar