"Beleza, cultura, esporte, lazer, moda, negócios, e muito mais..."
Revista Destaque News
Instagram da Revista Destaque

Faclepp seleciona alunos para bolsa de residência pedagógica
São 48 bolsas ofertadas pelo Ministério da Educação por um período de 18 meses com o valor de R$ 400

Publicado em 09/06/2020
compartilhe esta notícia:

Faclepp

 Pela segunda vez a Faculdade de Artes, Ciências Letras e Educação de Presidente Prudente (Faclepp) da Unoeste é contemplada com bolsas do Programa Residência Pedagógica, ofertadas pela Coordenação de Pessoal de Nível Superior (Capes); órgão do Ministério da Educação. A primeira foi em 2018. Agora são 48 bolsas por um período de 18 meses. O valor é de R$ 400 mensais para oito horas de atividades semanais em escolas públicas. São beneficiados alunos dos cursos de Pedagogia, Matemática, Biologia e Letras. A seleção está sendo feita e seguirá até o dia 28 de junho, mediante histórico acadêmico e entrevistas on-line.

A coordenadora dos cursos de Pedagogia presencial e a distância, Dra. Danielle do Nascimento dos Santos, conta que a Unoeste está entre algumas das poucas instituições do estado de São Paulo a receber novamente o benefício e que isso atesta a qualidade do ensino que oferece. Afirma que na primeira vez foram obtidos resultados importantes, que culminaram em publicações, pesquisas, dados, artigos e livro que em breve será publicado. Tem ainda o fato de que vários residentes acabaram sendo contratados como professores pelas instituições parceiras.

As parcerias são formalizadas pela direção da Faclepp, pela qual responde a Dra. Maria Helena Pereira Mirante. Em 2018 /2020, as residências pedagógicas ocorrem em escolas vinculadas à Diretoria Regional de Ensino e Secretaria Ensino de Presidente Prudente (Seduc); e ainda na rede municipal de ensino de Teodoro Sampaio. Além do estudante, o benefício é estendido ao professor preceptor, responsável pelo acompanhamento nas atividades didático-pedagógicas: planejamento, regência, reuniões, projetos e outras.

De acordo com Danielle, o programa integra a política brasileira de formação de professores da educação básica e a busca pelo fortalecimento das licenciaturas, valorizando o professor que já atua na escola e o licenciando que tem a oportunidade de vivenciar as competências para o exercício da docência dentro do campo de atuação e com o acompanhamento de um professor experiente. O que significa que esses cursos têm a oportunidade de aprimorar as suas estratégias formativas atendendo à meta 16 do Plano Nacional de Educação.

Tem ainda outro fator importante no âmbito da Unoeste, que é a integração da graduação com a pós-graduação em Educação, proporcionando a oportunidade ímpar de fortalecer a pesquisa no Programa de Pós-graduação Stricto Sensu, que oferta mestrado e doutorado, “tendo em vista os dados produzidos ao longo da residência”, conforme pontua Danielle, que também atua como professora pesquisadora do programa. As ações são apoiadas pelas pró-reitorias Acadêmica; de Pesquisa e Pós-graduação; e de Extensão e Ação Comunitária.

Na equipe das bolsas de Residência Pedagógica e também do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid), na qual Danielle atua como coordenadora institucional, também estão os representantes da pós em Educação, Dra. Raquel Rosan Christino Gitahy; do estágio supervisionado de Pedagogia, Edilaine Tiraboschi Oliveira Bertucchi; do curso de Matemática, Cássio Fabian Sarquis; da graduação em Ciências Biológicas, Janaina Pereira Duarte Bezerra, com o apoio do coordenador, Dr. Silvério Takao Hosomi.


Fonte: Assessoria de Imprensa Unoeste - Foto: Erika Foglia

<< voltar