"Beleza, cultura, esporte, lazer, moda, negócios, e muito mais..."
Revista Destaque News
Instagram da Revista Destaque

Ex-MasterChef muda rotina e dá aulas em universidade
Bárbara Cardin, participou da edição 2017 do programa da Band e tem no currículo trabalhos em restaurantes estrelados no mundo

Publicado em 25/09/2018
compartilhe esta notícia:

Ex-MasterChef

 árbara Cardin, participante da segunda temporada do programa MasterChef Profissionais, exibido em 2017 pela Band, encara um novo desafio em sua carreira. Ela é a professora convidada para ministrar a disciplina de Cozinha Italiana, no curso de Gastronomia da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste). Londrinense, ela tem só 23 anos, mas já trabalhou em três restaurantes conceituados mundialmente, além de ter vencido seu primeiro concurso gastronômico aos 19.
 
“Já tinha dado aulas rápidas, como workshops. Mas como professora e, na maior universidade do oeste paulista, tem sido um privilégio. Uma honra! É uma experiência nova e tem sido muito legal”, conta. Ensinar sobre a cozinha italiana não é fruto do acaso! A Bárbara é descendente e membro da Federazione Italiana Cuochi (FIC), uma entidade que reúne profissionais da culinária para realização de eventos, atividades e trocas de experiências. “É a maior do Brasil. É preciso passar por um processo para estar nesse seleto grupo. Tem nomes como Roberto Ravioli, Carlos Soares, a Palmirinha, Edu Guedes e Rodrigo Oliveira. Todos na mesma sintonia”, destaca Bárbara.
 
A professora convidada da Unoeste saiu de casa para morar sozinha aos 14 anos, com 17 precisou ser emancipada para participar de um curso de gastronomia. “Nessa época comecei a me especializar e descobri que era o que queria para minha vida. Daí, fiz mais de 10 estágios”, detalha. Com 20 anos, a Bárbara foi morar em Londres, na Inglaterra. Por lá, trabalhou em restaurantes conceituados com estrela Michelin, classificação dada aos melhores restaurantes em todo o mundo. Passou pelo Hedone, Pétrus e Lincons INN, este último, eleito pela revista Forbes, um dos 10 melhores do mundo em 2016.
 
Só para ingressar no MasterChef Profissionais, a Bárbara passou por um processo que durou mais de um mês. “Foram várias etapas onde duelamos com diferentes cozinheiros e chefs”, relata. Ela acredita que o fato de ser mulher, muito jovem e ter iniciado cedo na profissão contou a seu favor durante a seletiva. “Já tinha trabalhado em restaurantes estrelados. Isso conta bastante”. Mesmo sem sair campeã, a experiência é ressaltada pela professora da Unoeste. “O programa mudou minha vida na questão da visibilidade, ganhei bastante experiência e acredito que sirvo de inspiração para pessoas que querem entrar na gastronomia. Eu me esforço muito, sou viciada em trabalho, e tenho esse reconhecimento”, pontua Bárbara.
 
O lado docente
Preparando alunos para o mercado, a Bárbara oferece uma aula interativa além da teoria. “Criei uma dinâmica onde todos são responsáveis pela cozinha e fiz questão de colocá-los em grupo. Nem sempre escolhemos com quem trabalhar. Teremos um evento final como meio de integrar os alunos”, afirma a professora Bárbara, que ficou impressionada com o que encontrou na universidade.
 
“Excedeu minhas expectativas. Já tinham me dito que era uma super estrutura, mas não esperava tanto. É tudo de primeira linha, é incrível”, segundo Bárbara, que conhece o funcionamento de renomados restaurantes do mundo. “Não consegui encontrar algo que deixe a desejar aqui... Vocês têm muitos equipamentos. Forno combinado, que eu contei são cinco e dos mais modernos que existem no mercado”. A relação dela com Prudente é antiga, Bárbara já morou na cidade e tem parentes na região. 


Fonte: Assessoria de Imprensa Unoeste - Foto: Débora André

<< voltar