"Beleza, cultura, esporte, lazer, moda, negócios, e muito mais..."
Revista Destaque News
Instagram da Revista Destaque

Polícia Militar Rodoviária divulga balanço da operação Paixão de Cristo 2018
O destaque ainda foi os 29 mil flagrantes do radar por excesso de velocidade

Publicado em 04/04/2018
compartilhe esta notícia:

Polícia

 O Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), órgão de execução da Polícia Militar do Estado de São Paulo, em parceria com o DER/SP, ARTESP e Concessionárias de Rodovias, todos alinhados ao Movimento Paulista de Segurança no

Trânsito (MPST) e ao Programa de Redução de Acidentes de Trânsito e Segurança Viária 2011-2020 (ONU), realizou no período compreendido entre as 00h de 29 de março até as 23h59min de 1o de abril de 2018, a “Operação Paixão de Cristo 2018”,
nos mais de 22.000 km de rodovias estaduais paulistas. Abaixo, o quadro comparativo com as estatísticas da acidentalidade da “Operação Paixão de Cristo 2018” com o mesmo período de 2017:
 
                                2017- 2018 - %
Acidentes c/ vítimas 267 267 -  0,0
Vítimas fatais 18 - 21 - 16,6
Vítimas graves 70 - 74 - 5,7
Vítimas leves 299 - 321 - 7,3
Acidentes s/ vítimas 444 - 404 - 9,0
Total de acidentes 711 - 671 - 5,6
 
Em que pese a forte presença do Policiamento Rodoviário nas estradas, é necessário destacar que a maioria dos acidentes poderia ter sido evitados, pois, em grande parte dos casos, a causa dos acidentes está relacionada à imprudência,
negligência ou imperícia dos condutores ou pedestres, tanto que das 21 vítimas fatais, 10 foram resultantes de acidentes do tipo colisão frontal (o que corresponde a 47,6%), e à título de exemplo, cabe destacar que em um único acidente ocorrido ontem, por volta
das 18h30min, na SP 255 - Rodovia João Melão, município de Pratânia, um veículo de passeio ocupado com 07 pessoas, cuja capacidade permitida são 05, colidiu frontalmente com um caminhão que trafegava em sua mão de direção, resultando em
06 mortos, dentre eles o condutor que estava com sua CNH vencida. De igual forma, outras 06 vítimas fatais resultaram de colisões traseiras (o que corresponde a 28,5 %), fruto de ultrapassagens proibidas, excesso de velocidade, fatores estes que são uma das prioridades do Policiamento Rodoviário, tanto que dos 26.257 veículos fiscalizados, 2.840 foram autuados por ultrapassagens pela contramão de direção.
 
Com o foco principal na preservação da vida, a fiscalização de trânsito foi rigorosa, cabendo destacar que foram lavradas:
 
 21.569 autuações, além da captação de mais de 29 mil imagens de radar com flagrantes de excesso de velocidade, o que demonstra que a imprudência dos motoristas ainda é elevada;
 7.005 motoristas realizaram o teste do etilômetro, sendo que 464 motoristas foram flagrados por dirigirem sob efeito de álcool ou de outras substâncias de efeitos análogos, dos quais 16 foram autuados pelo crime de embriaguez ao volante,
cabendo salientar que 412 motoristas negaram ser submetidos ao teste do etilômetro, o que acabou caracterizando infração de trânsito;
 4.126 autuações por não estarem utilizando o cinto de segurança ou dispositivos de retenção;
 
Mediante o planejamento operacional realizado visando o combate aos diversos ilícitos penais, destaca-se:
 43 pessoas presas em flagrante;
 Mais de 30 kg de drogas apreendidas;
 4 armas de fogo apreendidas; e
 14 procurados pela justiça foram recapturados e devolvidos ao sistema
penitenciário.

Fonte: Comando de Policiamento Rodoviário

<< voltar