"Beleza, cultura, esporte, lazer, moda, negócios, e muito mais..."
Revista Destaque News
Instagram da Revista Destaque

Policiamento Rodoviário realizará a Operação “Ano Novo 2017/2018”
Veja também algumas dicas de segurança

Publicado em 29/12/2017
compartilhe esta notícia:

Policiamento

 O Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), Órgão de Execução da Polícia Militar do Estado de São Paulo, das 00h do dia 29 de dezembro (sexta-feira) até às 23h59min do dia 01 de janeiro de 2018 (segunda-feira), desenvolverá a Operação “Ano Novo 2017/2018”, reforçando o Policiamento Preventivo e a Fiscalização de Trânsito nos mais de 22.000 quilômetros de Rodovias do Estado de São Paulo, lembrando que já estão em andamento a Operação Férias e a Operação Verão.

Durante todo o feriado alusivo ao evento, a atuação do Policiamento Rodoviário terá o foco na prevenção criminal, no entanto fiscalizará também a segurança do trânsito, verificando principalmente o excesso de velocidade, a embriaguez na condução dos veículos, as ultrapassagens proibidas, o uso de cintos de segurança e assentos infantis, além do uso de capacetes por motociclistas, sem se descuidar de outras questões envolvendo as normas de trânsito, contribuindo desta forma com a redução de mortes no trânsito, a fim de atingir a meta de diminuição em 50%, conforme preconizado pela ONU.
A Operação “Ano Novo 2017/2018” conta com a participação da Secretaria Estadual de Logística e Transportes, DER, ARTESP e Concessionárias de Rodovias.
 
EFETIVO E EQUIPAMENTOS
 
O Policiamento Rodoviário permanecerá em regime especial de trabalho, com redução de folgas e emprego do efetivo administrativo, potencializando a ação ostensiva, atuando de forma estratégica, em dias, horários e locais conforme o volume de tráfego e índices de vulnerabilidade. Assim, serão empregadas diariamente cerca de 470 viaturas (de duas e quatro rodas), 333 etilômetros, 75 radares de velocidade portáteis e binóculos para a fiscalização de infrações em movimento. Além disto, as rodovias contam com o monitoramento por câmeras dos Centros de Controle Operacional - CCO.
 
DICAS DE SEGURANÇA NAS RODOVIAS
 
 Antes de viajar, planeje com antecedência, verificando os pontos de parada e
abastecimento, bem como as condições e documentação do veículo;
 
 Reduza a velocidade, mantenha distância segura do veículo à frente e evite
ultrapassagens;
 
 Em razão do reflexo causado pelas gotículas d’água, NUNCA use o farol alto em locais
com neblina, pois a reflexão da luz vai ofuscar sua visão, reduzindo a visibilidade;
 
 Nunca use o pisca alerta com o veículo em movimento. O motorista de trás poderá
pensar que o veículo à frente está parado, tentará desviar, gerando risco de acidente;
 
 Verifique, antecipadamente, se a ventilação interna está funcionando. Caso contrário,
mantenha aberto um dos vidros, pelo menos, de modo a evitar o embaçamento interno dos
vidros;
 
 Use o limpador de para-brisa, desembaçador e lavador de vidros. Não utilize as mãos
para desembaçar o para-brisa, pois a gordura somente piorará a situação;
 
 Não pare na pista, bem como deve ser evitado o acostamento. Procure um ponto de
apoio (postos de combustíveis, Casa do usuário ou Base Policial). Se for inevitável parar, ligue
o pisca-alerta, sinalize com uso do triângulo há 100 metros e não permaneça no interior do
veículo. Procure um local seguro para permanecer junto aos demais ocupantes do veículo;
 
 Verifique, antecipadamente, os pneus, sua calibragem, alinhamento e balanceamento;
 
 O nível de carga da bateria e o funcionamento dos faróis e desembaçadores são pontos
importantes a serem checados antes de viajar. Vale também levar na bagagem pequenas
peças de reposição, como fusíveis, velas e lâmpadas;
 
 Em casos de emergência ligue 190.
 
ÁLCOOL X DIREÇÃO
 
Os policiais rodoviários fiscalizarão o consumo de bebidas alcóolicas ou de substâncias de efeitos análogos, nas Operações Direção Segura (ODS) promovidas por todo o efetivo, nas fiscalizações de trânsito e durante o atendimento de eventuais acidentes de trânsito.
O motorista que for flagrado dirigindo sob a influência de álcool poderá ser penalizado com multa de R$ 2.934,70, a retenção do veículo e a suspensão do direito de dirigir por doze meses, além de responder criminalmente pela sua conduta, dependendo da circunstância em que for flagrado, com pena de detenção de seis meses a três anos, já no caso de acidente de trânsito com vítima fatal, o condutor do veículo que estiver sob a influência de álcool, além da autuação, caberá a pena de reclusão de cinco a oito anos, a suspensão ou proibição do direito de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Polícia Militar SP 2º Cia

<< voltar