"Beleza, cultura, esporte, lazer, moda, negócios, e muito mais..."
Revista Destaque News
Instagram da Revista Destaque

Medicina Veterinária entrega 1,7 t de ração para entidades

Publicado em 25/06/2021
compartilhe esta matéria:

Medicina

 Instituições protetoras de Prudente e região receberam os alimentos que foram arrecadados por alunos do 1º termo do curso

 

Oferecer formação técnica e humanizada para futuros médicos veterinários é o compromisso desta graduação na Unoeste. Em mais uma ação de responsabilidade social, na manhã desta quinta-feira (24), alunos do 1º termo da Medicina Veterinária junto à coordenação realizaram a entrega das rações arrecadas no Trote do Bem da universidade. Foram mais de 1,7 toneladas destinadas a três entidades protetoras dos animais de Prudente e Região.

Para o diretor da Faculdade de Ciências Agrárias, Dr. Carlos Sérgio Tiritan, atividades de extensão como o Trote do Bem são extremamente positivas. “O engajamento dos alunos e dos professores mostra o quanto é importante contribuir para a formação social atrelada à formação técnica que a Unoeste proporciona. Pensar em um profissional completo é, efetivamente, pensar em um profissional humanizado”, fala.

Conforme a diretora do curso, Dra. Gláucia Prada Kanashiro, a arrecadação mais uma vez surpreendeu. “Arrecadamos pouco mais de 1,7 toneladas. Desde 2014 realizamos essa ação que busca ajudar as instituições que prezam pelo bem-estar animal em Prudente e na região. Nesse ano, principalmente por causa da pandemia, foi uma surpresa para mim a quantidade arrecadada e a contribuição da Atlética é muito importante para nossas atividades”, completa a diretora informando que a ração foi comprada com o dinheiro da venda de tampinhas arrecadadas pelos alunos.

A Dra. Gláucia completa que o curso de Medicina Veterinária Unoeste tem um papel muito importante na região. “São diversas ações que realizamos. As atividades de cuidados com os animais vão além da doação de ração, temos projetos de extensão, como o da castração; o trabalho de educação para crianças sobre cuidados com os animais; atendimento aos pets das instituições parceiras no Hospital Veterinário (HV), tudo isso é parte do trabalho realizado na universidade”, fala.

Envolvidos na arrecadação de ração, os alunos do 1º termo Maria Isabela Padovani e Vitor de Andrade Ferreira agradecem à direção do curso pela ação. “É gratificante participar do trote da Veterinária. Ajudar as pessoas que cuidam dos animais é muito importante para a minha formação, espero que ações como essa da Unoeste motivem mais pessoas a ajudar também”, acrescenta a aluna.

 

Vitor ressalta a contribuição significativa para a sociedade. “Tenho certeza que se nos juntarmos em uma ação coletiva, podemos realizar grandes coisas. Nossa sala tem 86 alunos e com a participação de todos chegamos a esse resultado. Foi uma honra participar, agradeço a professora Gláucia por nos proporcionar esse momento”.

 

 

Instituições parceiras

Para Bruna Tureta Gama Moura, secretária voluntária da S.O.S Animais de Pirapozinho (SP), a doação irá contribuir com o projeto. “Essa doação feita pela Unoeste é maravilhosa, estamos atendendo hoje cerca de 200 cães e 40 gatos, além dos animais que estão em lares temporário. A universidade sempre nos ajuda em campanhas, em atendimentos no Hospital Veterinário, nas castrações, é uma parceria maravilhosa”.

A voluntária destaca que o trabalho de instituições protetoras de animais é árduo, mas gratificante. “Trabalhamos com resgate de animais, ajudamos pessoas que cuidam e que nesse momento estão em dificuldades, temos clínicas que também são nossas parceiras. A pandemia agravou nosso serviço, a gente tenta colaborar e por isso toda ajuda é bem-vinda”.

Para Luciana Herbela, presidente do Beco da Esperança, a doação é muito bem recebida. “O Beco é uma associação pequena, nosso canil é pequeno e estamos em um espaço que nos foi doado por um tempo. Essa doação da Unoeste é muito boa e importante, com ela vamos conseguir atender os animais por aproximadamente dois meses” comenta.

Ainda de acordo com Luciana a situação não está complicada apenas em Prudente e sim em todos os lugares. “Nós ajudamos famílias extremamente carentes que cuidam de animais e outras pessoas que alimentam os que ainda estão na rua. Nossa dificuldade é não entender o que as pessoas estão fazendo. Algumas acreditam que os animais são descartáveis, lutamos com outras instituições para atender essa demanda, mas infelizmente não estamos dando conta”.

Adriana Osti é uma das coordenadoras da Pastoral dos Animais da Paróquia Nossa Senhora do Carmo, da Vila Maristela, e conta que a pandemia agravou a situação do trabalho pastoral. “Estamos vivendo um caos. Nessa pandemia muitos animais estão sendo abandonados, um problema que está se agravando é a multiplicação. Nosso foco está em realizar castração nos pets e encaminhá-los para a posse responsável”.

Segundo a voluntária, proporcionar alimentação para os animais é um trabalho complicado. “É um custo elevado manter os animais alimentados, pois muitas famílias são carentes e necessitam dessa ajuda. Nosso papel é contribuir para o bem-estar animal, e por isso nosso agradecimento à Unoeste que sem dúvidas é fundamental para essa demanda. Estar entre os parceiros da universidade desde 2014 é gratificante”, finaliza. 

Serviço – Para colaborar com as instituições entre em contato: S.O.S Animais de Pirapozinho, pelos telefones: (18) 99776-6432 ou (18) 99685-6964; O Beco Da Esperança e a Pastoral dos Animais, contato via Instagram: @becodaesperançapp e @pastoraldosanimais

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Unoeste - (Foto: João Paulo

<< voltar