"Beleza, cultura, esporte, lazer, moda, negócios, e muito mais..."
Revista Destaque News
Instagram da Revista Destaque

Especialista em Psiquiatria Forense e comentarista da NETFLIX fará palestra em Prudente na próxima quinta (21)

Publicado em 18/11/2019
compartilhe esta matéria:

Especialista

 Um dos principais psiquiatras Forense do Brasil, Guido Arturo Palomba, desembarca em Presidente Prudente no dia 21 de novembro para uma série de compromissos.

 

Na primeira parte da agenda, ele gravará aulas para o curso de pós-graduação a distância de Direito Penal e Processo Penal da Toledo Prudente. No período da noite, a partir das 19h, oferece um minicurso de introdução a Psiquiatria Forense.

 

A entrada no evento é a doação de 1 litro de leite, que posteriormente serão doados a entidades assistenciais da cidade. Os interessados devem se inscrever no site da Toledo Prudente. Até o momento, quase 500 já efetuaram a inscrição.

 

Guido Arturo Palomba foi médico e médico-chefe do Manicômio Judiciário de São Paulo e é perito habilitado nos Tribunais Judiciários de São Paulo desde 1975 até o presente. Ele também é comentarista da série “Investigação Criminal” da Netflix, que já está em sua quarta temporada. A série faz muito sucesso por apresentar casos de assassinato de grande repercussão nacional, onde ele avalia a saúde mental dos principais envolvidos. 

 

A Psiquiatria Forense lida com a interface entre a Lei e Psiquiatria. A atuação se dá em tribunais, onde, a pedido da justiça, avaliam-se as capacidades para atos da vida civil e também as capacidades dos indivíduos de serem responsabilizados criminalmente, baseando-se no estado mental.

 

O professor de Direito Penal e Medicina Legal, Florestan do Prado, que participará de um debate com Guido Palomba, comenta que a expectativa para o evento é muito grande, afinal de contas, a psiquiatria forense e o Direito caminham juntos para a promoção da justiça.

 

“Como ciência subsidiária e com conhecimentos específicos, a Psiquiatria Forense é aplicada a diversas áreas. O Direito Penal, por exemplo, pode usufruir desses conhecimentos para perícias de saúde mental, periculosidade dos indivíduos condenados ou que serão reinseridos na sociedade, progressão de pena e outros. Já na área cível, a Psiquiatria Forense fornece informações para casos de processos de interdição, alienação parental, anulação de casamentos ou negócios jurídicos. Outro exemplo, no Direito do Trabalho, é possível avaliar a saúde mental de trabalhadores com sequelas ou distúrbios psicológicos”, comentou.

 

Além do professor Florestan, o promotor e também professor da Toledo Prudente, Mário Coimbra, participará das discussões no minicurso.

 

Podem se inscrever do minicurso membros do Ministério Público do Estado de São Paulo, professores e estudantes do curso de Direito, alunos da pós-graduação, profissionais, egressos e alunos de Psicologia, Medicina e outros cursos interessados pelo tema.

 

 

Fonte: Paulo Sereguetti - Jornalista do Centro Universitá

<< voltar