"Beleza, cultura, esporte, lazer, moda, negócios, e muito mais..."
Revista Destaque News
Instagram da Revista Destaque

C.H.A.V.E. do Sucesso

Publicado em 04/02/2019
compartilhe esta matéria:

C.H.A.V.E.

 A profissão de administrador ainda não tem a “aura” que tem um curso como o de Medicina ou o “status” que os jogadores de futebol famosos têm. Correto? Nem tanto! Este é um estereótipo equivocado, pois, segundo o site history.com, os salários pagos aos diretores executivos como Marc Lore, do Walmart, Tim Cook, da Apple e Sundar Puchai, da Google, chegam até R$ 70 milhões por mês. Isto mesmo, por mês! Claro que a medicina e as carreiras de atletas são notáveis, a questão é que existem administradores tão notáveis quanto eles. Eugenio Mussak é um médico que migrou para área da administração e hoje é um dos principais gurus desta área. É de Mussak a C.H.A.V.E. do sucesso.

 

 

Mussak inclui os Valores Humanos nos recursos que Frederick Taylor prevê para analisar os resultados. Valores como ética, respeito, honestidade, verdade e reputação, têm tanto peso quanto os recursos financeiros, recursos naturais e até mesmo o tempo. Os melhores resultados são aqueles que utilizam a menor quantidade de recursos. Mas, quando se trata de valores, estes são indivisíveis e devem validar ou não cada decisão.

 

Soma-se no esforço de entender as competências. David McClelland criou o acróstico C.H.A. (Competência, Habilidade e Atitude). O professor Mussak, em seu livro Metacompetência, acrescentou mais duas letras V.E.,  portanto, C.H.A.V.E.

A letra “V” está relacionado aos valores como ética, respeito, honestidade, verdade e reputação, e a “E” é o entorno, relacionado à estrutura. Afinal o cozinheiro precisa de um bom fogão, o programador de um bom computador, o motorista de um caminhão adequado. “Um administrador competente, sem valores, pode ser algo muito perigoso a exemplo do que temos visto no Brasil na política”, diz Mussak.

 

Alair Martins, proprietário da maior distribuidora atacadista da América Latina, dá um exemplo na contratação do primeiro gerente da sua empresa e a relação da carreira com os valores do colaborador. O primeiro promovido a gerente foi um dos funcionários que se esqueceu de um compromisso importante e ao invés de dar desculpas, simplesmente disse a verdade e correu atrás da solução. Hoje este funcionário compõem o alto escalão de executivos da empresa.

 

Posto isso, conclui-se que se faltar valores não há competência. O caminho do sucesso, aquele que realmente vale a pena, está longe da máxima que equivocadamente foi atribuída a Maquiavel: “Os fins justificam os meios”. O caminho do sucesso está ligado à C.H.A.V.E. que pode abrir as portas da prosperidade de forma sustentável e progressiva. Evidenciando aos administradores de empresas a aura e o status que sempre foram deles.

 

Professor ABS/FGV, consultor de resultados especializado em micro, pequenas e médias empresas | CRA 144.772 | Contato:(18) 99723-3109 | e-mail: walter@consultoriajk.com.br

 

Fonte: Walter Roque Gonçalves

<< voltar