"Beleza, cultura, esporte, lazer, moda, negócios, e muito mais..."
Revista Destaque News
Instagram da Revista Destaque

Mutirão supera em 460% rotina diária da saúde em Sandovalina

Publicado em 22/05/2018
compartilhe esta matéria:

Mutirão

Em meio dia do Unoeste Transforma foram prestados 336 serviços ante a média diária de 60 nas ESFs e UBS

 Gestores municipais avaliam como extremamente positivo a realização do Programa Unoeste Transforma, no sábado (19), em Sandovalina, na Escola Municipal Monteiro Lobato. Na área de saúde foram prestados nove serviços com 336 atendimentos, sem considerar as orientações. Número superior em 460% à rotina diária da Unidade Básica de Saúde (UBS) e duas Estratégias de Saúde da Família (ESFs) que oferecem, em média, 60 atendimentos para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), conforme a secretária municipal, Gabriela Lima de Oliveira.

Os números gerais do envolvimento da universidade no programa em parceria com a prefeitura são de 1.058 pessoas beneficiadas, com 1.541 atendimentos em 28 atividades, entre serviços e orientação de prevenção à saúde humana e animal, recreação e oficinas de jornal na escola, orientação profissional, kirigame e elaboração de currículo e preparação para o primeiro emprego, produção audiovisual, fotodocumentário, produção de fotos em estilo portrait.

Considerando o número de pessoas que compareceram ao evento e os 4.174 habitantes, conforme a estimativa 2018 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estática (IBGE), 25,5% da população compareceu ao evento. Outro dado significativo, em relação à expressividade da quantidade de pessoas que se beneficiou do programa de extensão universitária, é que Sandovalina, na condição de município predominantemente agrícola, tem cerca de 35% de seus habitantes morando na zona rural. Somente pela reforma agrária são 206 famílias assentadas, ou seja: mais de 800 pessoas.

Para a prefeita Amanda Lima de Oliveira Fetter, a participação realmente foi expressiva, por ter sido também em um dia atípico para a região de clima quente e que vinha de um período de estiagem. No sábado, além da chuva durante a madrugada a temperatura caiu drasticamente, com 11° ao amanhecer do dia. “Posso afirmar que foi um sucesso, inclusive pelo grande impacto na área de saúde, já que pelo SUS os serviços são por agendamento e as pessoas reclamam da demora no atendimento”, disse.

A secretária Gabriela chamou a atenção para o fato de que as orientações prestadas pelos 114 universitários, orientados e acompanhados por 17 professores, foram bem mais detalhadas que as possíveis de serem prestadas na rotina do serviço público de saúde. A prefeita Amanda comentou que o serviço de acuidade visual foi extremamente relevante, por não existir na cidade médico oftalmologista, nem na rede pública e nem em clínica particular.

Os serviços particulares de oftalmologia são buscados em Presidente Prudente, a 70 Km de distância. Os usuários do SUS são atendidos no Ambulatório Médico de Especialidades (AME) em Prudente e os casos mais graves, como cirurgia de catarata, são encaminhados para o Hospital de Rancharia, a 130 Km. Conforme a prefeita, foi a primeira vez que Sandovalina recebeu um mutirão com vários atendimentos e espera que ocorra outras vezes.

O pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão, Dr. Adilson Eduardo Guelfi, disse que a parceria com a Prefeitura de Sandovalina foi muito boa e certamente serão atendidas outras demandas pontuais ou pelo Unoeste Transforma. Os beneficiários também manifestaram satisfação, como no caso de José Carlos Santos que avaliou o atendimento como “muito bom”; e o professor João Flávio Gonçalves que fez a oficina de produção de jornal na escola, juntamente com outros professores e alunos, ficou com o contato para obter ajuda quando forem fazer o produto, impresso ou eletrônico, na Escola Estadual Professora Liria Yurico Sumida.                                                                                                                               
O Unoeste Transforma em Sandovalina envolveu os cursos de Artes Visuais, Biomedicina, Ciências Biológicas, Estética e Cosmética, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Fotografia, Jornalismo, Pedagogia (presencial), Letras, Design de Interiores, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Pedagogia EAD, Psicologia, Design Gráfico, Publicidade e Propaganda e Radiologia; e o Programa de Pós Graduação em Ciência Animal.  Dentre os serviços de prevenção constaram aferição de pressão arterial, teste de glicemia, dosagem de colesterol total, teste de Adans, acuidade visual, exame de câncer de próstata, avaliação do índice de massa corporal, alongamento, triagem e orientação nas áreas de linguagem, voz e audição. 

Dentre as orientações, estiveram sobre doenças causadas pelo álcool e fumo; controle microbiológico sobre a esponja de cozinha; benefícios do exercício físico; orientação nutricional e câncer de boca; reanimação cardiopulmonar e manobra de desengasgo; testes de diabetes; testes de olho seco; prevenção à obesidade e prevenção do câncer de mama em cães e gatos; pintura em tela; higienização e massagem facial.  O professor e artista plástico Josué Pantaleão pintou um quadro e deu de presente para a prefeita.

Entre os alunos envolvidos no evento, 28 moram em Sandovalina e estudam na Unoeste, a mesma instituição na qual Amanda, ao assumir o mandato de prefeita, trancou matrícula no último ano de Direito, mas pretende retornar no próximo semestre; e Gabriela fez o primeiro ano do curso de Enfermagem, antes de se casar e ir morar na região do sul do país, onde se formou.

Fonte: Assessoria de Imprensa Unoeste - Foto: João Paulo

<< voltar