"Beleza, cultura, esporte, lazer, moda, negócios, e muito mais..."
Revista Destaque News
Instagram da Revista Destaque

Com o tema Distopia, Facopp realiza a 9ª edição do Festival do Minuto

Publicado em 29/11/2017
compartilhe esta matéria:

Com
O Festival do Minuto, que já é uma tradição na Facopp/Unoeste, contou com 40 alunos inscritos, divididos em 10 grupos para produzir os vídeos
Por Leandro Nogueira, Raquel Siqueira e Tháila Sisa, estagiários em Assessoria de Imprensa Facopp. A Faculdade de Comunicação Social de Presidente Prudente
(Facopp/Unoeste) apresentou nesta semana os resultados dos filmes da 9ª edição do Festival do Minuto. O tema Distopia significa a realidade sem sonhos ou
esperanças, presente em filmes como Jogos Vorazes, Divergentes e Mad Max. Neste trabalho os alunos tiveram oportunidade de produzir conteúdo
audiovisual, mostrar sua criatividade e a capacidade de executar um vídeo de apenas um minuto. Isso com a orientação dos professores Renato Pandur e
Mariangela Fazano.
Com o título “Alguma Coisa”, o grupo vencedor foi formado por Giovanna Baumamn, João Vitor Oliveira, Karolayne Lima e Lucas Lourençon. O vídeo mostra
uma garota vivendo seus maiores pesadelos em um mundo fictício, acompanhado pela música Something da banda “The Beatles”. Karolayne, que foi atriz do
audiovisual, conta “Considero importante participar do Festival, por que é algo que me ajuda a desenvolver melhor o senso de criatividade, que é essencial na profissão
de Publicidade”.
Em segundo lugar ficou “Wouldn´t be nice”, produzido por Camila Akemi, João Pedro Catucci, Lucas Pinatti e Raquel Pereira. E o terceiro para “Desordem”,
executado por Amanda Rodrigues da Silva, André Luiz Monteiro, Emanuelle Alencar, Guilherme Da Silva e Jullya Xavier.
O Júri técnico foi formado por Felix Marinho que é produtor de filmes publicitários e videoclipes, mas já atuou como diretor de arte por sete anos. Também
por Rodrigo Braga, Publicitário e fotógrafo há mais de 12 anos e sócio Proprietário da agência de publicidade Raro!
Felix conta que se surpreendeu com o uso da comédia em alguns vídeos. “Achei legal que os temas foram levados para o lado cômico. O que é uma coisa
meio difícil para a distopia que geralmente é mais drama. Ficou um filme mais surrealista e ao mesmo tempo engraçado.”
Já Rodrigo destaca que o maior critério de avaliação é a história do audiovisual. “O vídeo pode até ser de qualidade visual e com bastante efeito, mas
tirando isso, se o roteiro não for bem estruturado, o resultado fica muito artificial”.
A professora Mariangela Fazano, explica que a ideia do tema foi trazer algo que gerasse curiosidade e que tivesse proximidade dos alunos. “Eu assisto muito os
episódios de Black Mirror, usei como referência e nisso me veio a ideia de Distopia, que é a temática da série. Pesquisamos muito sobre isso e vimos que é uma
tendência na literatura de jovens adultos”.
 
Oficinas de produção
 
Para auxiliar os alunos nas produções foram ministradas duas oficinas. A primeira sobre Elaboração de Roteiro dada pelo professor Luiz Dale e outra sobre
o Adobe After Effects, com o intuito de ajudar o participante na fase de edição, apresentada pelo professor de Design, Guilherme Pironi.
O professor Renato Pandur conta que a qualidade do material foi grande e que os alunos conseguiram captar bem a ideia do tema. “Este ano alguns vídeos
foram além do que esperávamos. Temos vídeos excelentes. O apoio das oficinas de roteiro e Adobe After Effects foi essencial para a execução”, pontua ele.
Os vídeos vencedores estão disponíveis na fanpage do Facebook do Festival do Minuto. 
 
Para assisti-los, basta acessar o site
 
www.facebook.com/festivaldominuto
Fonte: Assessoria de Imprensa Unoeste

GALERIA DE IMAGENS



<< voltar